Segurança no trabalho: empresas ampliam investimento em ações para evitar acidentes

18 dez 2019 Materias

A construção civil é um dos principais setores industriais de uma nação. Impacta diretamente na economia, na geração de emprego, no desenvolvimento de sociedades e no bem-estar da população. Tão importante quanto desenvolver o coletivo, os agentes desta propulsão deve estar seguros e conscientes dos desafios da prática. A falta de atenção, sinalização, conhecimento e o desrespeito às normas e procedimentos de segurança estão entre as principais causas de acidentes de trabalho no setor. As ocorrências mais frequentes são as quedas, os choques elétricos, as batidas e também a queda de objetos.

O número de acidentes na construção civil aumentou nos últimos anos em todo o País, colocando o Brasil em quarto lugar no ranking mundial de ocorrências. De acordo com o Ministério Público do Trabalho (MPT), atualmente, o setor é o quinto com maior número em acidentes e, em média, 20 mil são registrados por ano. O ramo de empreendimentos imobiliários é um dos mais vulneráveis, apresentando um índice grande de irregularidades em relação à segurança do trabalhador. De 2006 a 2017, por exemplo, pelo menos 1.640 pessoas morreram em acidentes dentro de obras de construção civil no Brasil; 6.431 ficaram incapacitadas.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Search

+